As ideias precisam circular. Ajude A Terra é Redonda a seguir fazendo isso.

Lunáticos e charlatões

Red square - Kazimir Malevich
Whatsapp
Facebook
Twitter
Instagram
Telegram

Por Ruy Fausto*

Leia um trecho da última conversa pública do filósofo recém-falecido

A situação em que estamos hoje é uma herança de uma sucessão de erros coletivos: erro dos que não quiseram optar entre Fernando Haddad e Jair Bolsonaro; erro dos que insistiram numa candidatura que praticamente não dava certo, abandonando seu candidato que poderia ter ido mais longe e outras coisas, como não ter atacado de saída o Bolsonaro; outros esperando a eleição de 2022 como se até lá nada de sério pudesse acontecer.

Enfim, chegamos à situação atual que é a de um país dominado por um governo “sublunático”, digamos assim, até encontrarmos um termo para organizar o que está acontecendo, e ainda sofrendo as consequências de uma pandemia terrível.

Mas, para falar sobre a conjuntura mais imediata, diria que estamos diante de um fato realmente incrível. O personagem que ocupa a presidência se nega admitir que haja realmente um problema sério de saúde, não aceita as medidas que se aceitaram no mundo, propõe o jejum como saída e vai por aí afora. Estamos assim diante de um fato absolutamente inédito.

Mesmo Donald Trump teve uma atitude de autodefesa e, no último momento, deu marcha ré, depois de ter dito que tudo seria resolvido na Páscoa; e bem ou mal, começou a tomar uma série de medidas. Pois este nosso personagem não tomou medida nenhuma. Em matéria de governos “transloucados”, como se dizia antigamente, somos os melhores do mundo! É uma coisa absolutamente inédita e terrível.

Mas, ao interpretar isso aí, em minha opinião, o mais provável é que ele tenha chegado ao seu limite. Ele chegou num ponto em que vai se enfraquecer. Ele ganhou alguns apoios em setores modestos, mas, a meu ver, ele não irá conseguir ir muito longe com isso.

O que aconteceu com a pandemia? Colocou-se o problema da ciência. Esses grupos são essencialmente obscurantistas, inimigos da verdade, inimigos das luzes. Diante da pandemia, colocou-se o problema da busca da cura, da importância da ciência, da verdade, das medidas racionais que se deve tomar.

O obscurantismo dessa gente é tão profundo, que eles não acordam. Eles continuam batendo na tecla de que não é nada, e se dispõem talvez a ocasionar a morte de 300 mil pessoas ou algo dessa ordem. Se não houver o isolamento total, ao invés de morrer 45.000 vão morrer 500 mil.

Então, apareceu o problema da razão e curiosamente a reação não é tão negativa. As luzes têm certo peso, mesmo num país atrasado como o nosso; muita gente reage bem mesmo por querer salvar a própria pele. Mas em outras situações, mesmo querendo salvar a pele, as reações obscurantistas foram mais fortes. Desse modo, esses grupos se revelaram a muita gente o que eles são: charlatães, lunáticos – dispostos a muito mais do que isto – e neoliberais, o que significa neofascistas institucionalmente, dispostos a sacrificar muitas vidas no Brasil em troca de um projeto transloucado.

Chegou um momento de verdade – e não vamos saudar isso, pois significa o sacrifício de muita gente –, em que eles não vão poder ir adiante. Nestas condições, abre-se uma brecha para uma intervenção oposta; os ratos estão abandonando o navio. Até pouco tempo atrás estávamos sob uma ofensiva brutal; agora abre-se a possibilidade de uma intervenção noutra direção.

*Ruy Fausto (1935-2020) foi Professor Emérito da FFLCH-USP e autor, entre outros livros, de Marx: Lógica e Política (Editora 34).

Transcrição de parte de sua fala no lançamento da Revista Rosa. (https://youtu.be/8sfwHPQdbkc)

AUTORES

TEMAS

MAIS AUTORES

Lista aleatória de 160 entre mais de 1.900 autores.
Liszt Vieira Sandra Bitencourt Milton Pinheiro Kátia Gerab Baggio Alexandre Aragão de Albuquerque Leonardo Boff Anselm Jappe Ronald Rocha Eleonora Albano Tadeu Valadares José Machado Moita Neto Marilia Pacheco Fiorillo Valerio Arcary Tarso Genro Dênis de Moraes Henry Burnett Vinício Carrilho Martinez Claudio Katz Jorge Luiz Souto Maior Afrânio Catani Mário Maestri Ari Marcelo Solon Marcelo Módolo Chico Alencar Andrew Korybko João Carlos Salles Rafael R. Ioris Paulo Fernandes Silveira Marcos Silva Ronald León Núñez Jean Marc Von Der Weid Gerson Almeida Daniel Costa Leda Maria Paulani Antônio Sales Rios Neto José Dirceu Michael Löwy Leonardo Avritzer Remy José Fontana José Costa Júnior Luiz Costa Lima Manuel Domingos Neto Gilberto Maringoni Anderson Alves Esteves Eugênio Bucci Flávio R. Kothe Bruno Fabricio Alcebino da Silva Francisco Pereira de Farias Henri Acselrad Armando Boito Caio Bugiato João Lanari Bo Luiz Eduardo Soares Gabriel Cohn André Singer Otaviano Helene Daniel Afonso da Silva Eleutério F. S. Prado Luciano Nascimento Heraldo Campos Eduardo Borges João Feres Júnior Alexandre de Freitas Barbosa José Raimundo Trindade Antonino Infranca Chico Whitaker João Adolfo Hansen Ricardo Abramovay Lucas Fiaschetti Estevez Thomas Piketty Eugênio Trivinho André Márcio Neves Soares Celso Frederico Everaldo de Oliveira Andrade Tales Ab'Sáber Roberto Bueno Plínio de Arruda Sampaio Jr. Luiz Renato Martins Luiz Werneck Vianna Priscila Figueiredo Luiz Roberto Alves Atilio A. Boron Boaventura de Sousa Santos Airton Paschoa Renato Dagnino Valério Arcary Fábio Konder Comparato Manchetômetro Bruno Machado Marcos Aurélio da Silva Ladislau Dowbor Vanderlei Tenório Leonardo Sacramento Julian Rodrigues Marjorie C. Marona Carla Teixeira Paulo Nogueira Batista Jr Luiz Carlos Bresser-Pereira Ronaldo Tadeu de Souza João Carlos Loebens Rodrigo de Faria Yuri Martins-Fontes Vladimir Safatle Salem Nasser Paulo Sérgio Pinheiro Michael Roberts Fernão Pessoa Ramos Alexandre de Lima Castro Tranjan José Luís Fiori Annateresa Fabris Marcelo Guimarães Lima Lorenzo Vitral Mariarosaria Fabris Carlos Tautz Elias Jabbour Benicio Viero Schmidt Samuel Kilsztajn Luiz Marques Jorge Branco Slavoj Žižek Juarez Guimarães Ricardo Antunes Ricardo Musse Érico Andrade Francisco Fernandes Ladeira José Geraldo Couto João Sette Whitaker Ferreira Fernando Nogueira da Costa Marcus Ianoni Luiz Bernardo Pericás Paulo Capel Narvai Lincoln Secco Eliziário Andrade Paulo Martins Walnice Nogueira Galvão Flávio Aguiar Bento Prado Jr. Marilena Chauí Luis Felipe Miguel Alysson Leandro Mascaro Jean Pierre Chauvin Celso Favaretto Denilson Cordeiro José Micaelson Lacerda Morais Antonio Martins Berenice Bento Ricardo Fabbrini Bernardo Ricupero Maria Rita Kehl Roberto Noritomi Luís Fernando Vitagliano Gilberto Lopes Igor Felippe Santos João Paulo Ayub Fonseca Sergio Amadeu da Silveira Dennis Oliveira Osvaldo Coggiola Francisco de Oliveira Barros Júnior Rubens Pinto Lyra Daniel Brazil

NOVAS PUBLICAÇÕES

Pesquisa detalhada