As ideias precisam circular. Ajude A Terra é Redonda a seguir fazendo isso.

Medidas sociais restritivas para controle da COVID-19

Clara Figueiredo, - e daí_, fotomontagem digital, 2020
Whatsapp
Facebook
Twitter
Instagram
Telegram

Por SOCIEDADE PAULISTA DE INFECTOLOGIA*

As atuais medidas de controle da pandemia em vigor no PLANO SÃO PAULO mostram-se insuficientes para reduzir a transmissão do vírus

A Sociedade Paulista de Infectologia (SPI) torna pública a nossa enorme preocupação com o estado atual da Covid-19 no Brasil, e no Estado de São Paulo em particular. Há uma total desconexão da vida cotidiana com a realidade da pandemia. As novas variantes em circulação, a falta de um programa de vacinas efetivo e célere, o cansaço frente às medidas de prevenção e controle e o negacionismo enraizado em segmentos críticos da nossa Sociedade, sobretudo político e econômicos, configuram uma real ameaça à nossa vida.

As variantes do SARS-CoV-2, vírus que causa a Covid-19, estão dotadas de mecanismos de disseminação mais efetivos, e existe o risco de que escapem da resposta imune prévia e/ou induzida por vacinas. Aproveitam-se da falta absoluta de distanciamento para expandir-se em todo o território brasileiro e no mundo. Resultam assim em mais contágio, reinfecções, adoecimentos e mortes, com o rápido esgotamento da nossa capacidade assistencial. Comprometem jovens, adultos e idosos, vulneráveis ou não. É ainda necessário enfatizar, não existem terapias eficazes contra o SARS-CoV-2.

Pacientes graves têm alta taxa de morte e graves sequelas a despeito dos melhores recursos assistenciais. Que dirá em meio ao caos em que até oxigênio pode faltar? Na prevenção, uma vacinação lenta, em recortes populacionais, está fadada a não resultar em proteção efetiva em tempo oportuno. A seguir esse ritmo, em que marcas expressivas de óbito e infectados ocorrem a intervalos cada vez mais breves, não podemos ter outro cenário em mente, se não, o colapso da saúde. E em meio ao caos não há vida, não há economia, não há nada além do que o incerto.

Existem experiências de sucesso e relatos suficientes na Literatura Científica para sabermos que esse cenário pode, e precisa, ser revertido. Porém, enquanto em fevereiro a incidência global de Covid-19 caiu pela metade no mundo, ela continua em aceleração no Brasil. Essa situação nos traz riscos de colapso, não só da saúde, mas de toda a sociedade. Economia e vida em sociedade são indissociáveis da saúde. E esta prioriza a vida.

As atuais medidas de controle da pandemia em vigor no PLANO SÃO PAULO mostram-se insuficientes para reduzir a transmissão do vírus. Assim sendo, dirigimo-nos ao Excelentíssimo Governador e autoridades do Estado, solicitando políticas públicas que incluam maior rigidez no distanciamento social e controle de mobilidade populacional. Essas medidas requerem restrições maiores a serviços não essenciais em Regiões do Estado sem acometimento crítico pela pandemia, e lockdown com toque de recolher prolongado (por exemplo, a partir de 20h00) naquelas que se encontram próximas ao colapso assistencial. Incluem também ampliação da oferta de testagem e maior velocidade nas estratégias vacinais.

À população, recomendamos o distanciamento (pelo menos 1,5 metros de uma pessoa a outra), uso correto e contínuo de máscaras bem ajustadas na face, higiene das mãos e – sobretudo – que se permaneça em casa o maior tempo possível.

Cada medida isoladamente (e especialmente o conjunto de todas) impacta a cadeia de transmissão ou controle. É responsabilidade de cada cidadão cumprir as normas para proteger-se e proteger as demais pessoas. Cabe ao Estado fiscalizar e prover condições cientificamente embasadas para o cumprimento dessas ações de prevenção. São Paulo, 27 de fevereiro de 2021

Diretoria da Sociedade Paulista de Infectologia

 

 

AUTORES

TEMAS

MAIS AUTORES

Lista aleatória de 160 entre mais de 1.900 autores.
Yuri Martins-Fontes Leonardo Avritzer Milton Pinheiro Airton Paschoa Eliziário Andrade Bento Prado Jr. Alexandre Aragão de Albuquerque Atilio A. Boron Carla Teixeira José Micaelson Lacerda Morais Elias Jabbour Gerson Almeida Benicio Viero Schmidt Daniel Costa Rubens Pinto Lyra José Geraldo Couto Alexandre de Freitas Barbosa Maria Rita Kehl Otaviano Helene Kátia Gerab Baggio Lorenzo Vitral Mário Maestri Everaldo de Oliveira Andrade Flávio R. Kothe Berenice Bento Julian Rodrigues João Adolfo Hansen Antonino Infranca Armando Boito Luciano Nascimento Valério Arcary Alysson Leandro Mascaro Daniel Afonso da Silva Michael Roberts Juarez Guimarães Andrew Korybko Sandra Bitencourt Ari Marcelo Solon Samuel Kilsztajn Eugênio Trivinho Roberto Noritomi Francisco Fernandes Ladeira Ricardo Abramovay Lucas Fiaschetti Estevez Ricardo Fabbrini Vanderlei Tenório Luiz Bernardo Pericás Valerio Arcary Igor Felippe Santos Leonardo Sacramento Slavoj Žižek Paulo Capel Narvai João Lanari Bo Chico Alencar Marcelo Guimarães Lima Ricardo Musse Ricardo Antunes Luis Felipe Miguel Luís Fernando Vitagliano Tarso Genro Celso Favaretto Priscila Figueiredo Annateresa Fabris Liszt Vieira André Márcio Neves Soares Ronald Rocha Tales Ab'Sáber Paulo Nogueira Batista Jr Sergio Amadeu da Silveira Heraldo Campos Paulo Fernandes Silveira Antonio Martins Henry Burnett Lincoln Secco Manchetômetro João Sette Whitaker Ferreira José Raimundo Trindade Manuel Domingos Neto Rafael R. Ioris Érico Andrade Mariarosaria Fabris Paulo Martins Marjorie C. Marona Flávio Aguiar Gilberto Lopes Salem Nasser Gilberto Maringoni João Feres Júnior Eleutério F. S. Prado Eleonora Albano André Singer Marilena Chauí Bernardo Ricupero Roberto Bueno Vladimir Safatle Fábio Konder Comparato Carlos Tautz Tadeu Valadares Francisco Pereira de Farias Michael Löwy Francisco de Oliveira Barros Júnior Ronald León Núñez José Luís Fiori Bruno Machado Marcos Silva Leonardo Boff Luiz Roberto Alves Vinício Carrilho Martinez Alexandre de Lima Castro Tranjan Dênis de Moraes Marilia Pacheco Fiorillo Osvaldo Coggiola Chico Whitaker Jorge Branco Luiz Marques João Carlos Loebens Rodrigo de Faria Luiz Werneck Vianna Denilson Cordeiro Dennis Oliveira José Machado Moita Neto Antônio Sales Rios Neto Boaventura de Sousa Santos Bruno Fabricio Alcebino da Silva Plínio de Arruda Sampaio Jr. Marcos Aurélio da Silva José Costa Júnior Leda Maria Paulani Marcelo Módolo Fernão Pessoa Ramos Walnice Nogueira Galvão Thomas Piketty Afrânio Catani Luiz Eduardo Soares Marcus Ianoni João Carlos Salles Claudio Katz Gabriel Cohn Henri Acselrad Eugênio Bucci João Paulo Ayub Fonseca Caio Bugiato Jean Pierre Chauvin Jean Marc Von Der Weid Fernando Nogueira da Costa Anselm Jappe Anderson Alves Esteves Luiz Carlos Bresser-Pereira Luiz Costa Lima José Dirceu Celso Frederico Ladislau Dowbor Renato Dagnino Jorge Luiz Souto Maior Luiz Renato Martins Remy José Fontana Eduardo Borges Ronaldo Tadeu de Souza Daniel Brazil Paulo Sérgio Pinheiro

NOVAS PUBLICAÇÕES

Pesquisa detalhada