Nas vésperas de 8 de março

Juan Davila, Amor, 1988
Whatsapp
Facebook
Twitter
Instagram
Telegram

Por MARIANA C. BROENS*

O dia internacional da Mulher, as falas do deputado Arthur do Val e o poder das redes sociais

Na última sexta-feira, 04 de março de 2022, poucos dias antes da celebração do Dia Internacional da Mulher, o jornalista Igor Gadelha do portal Metrópoles, tornou públicas mensagens de voz enviadas pelo deputado estadual Arthur do Val (Podemos-SP) a outros membros do MBL – Movimento Brasil Livre ().

As mensagens, com frases como “mulheres ucranianas são fáceis porque são pobres” e “não peguei ninguém, mas colei em duas minas”, cuja autoria foi reconhecida pelo deputado, foram feitas em viagem à Ucrânia junto com Renan Santos, seu colega do MBL, supostamente para apoiar a Ucrânia contra as forças militares russas, embora numa das mensagens Arthur do Val se diga aprendiz do colega, supostamente com vasta experiência “turística” com mulheres loiras em países europeus.

Além do conteúdo repugnante das falas, elas trazem muita informação sobre (i) a pessoa do Deputado, (ii) o movimento conservador de direita de que ele faz parte, (iii) os partidos políticos que o acolheram, (iv) o eleitorado paulista e (v) o poder de convencimento das redes sociais.

As falas revelam, direta ou indiretamente, que: (1) pelas conversas serem privadas e destinadas apenas a membros do MBL, o deputado conversa com seus colegas francamente sobre mulheres “pobres e fáceis”; (2) outro membro do MBL realizaria turismo sexual na Europa, tendo como alvo mulheres vulneráveis e compartilharia suas experiências com seus colegas do MBL; (3) os partidos de que fez parte estariam ideologicamente comprometidos com o pensamento conservador que exalta a extrema direita ucraniana, incluindo a neonazista; (4) Arthur de Val, segundo o deputado estadual mais votado em São Paulo, com 478 280 votos, não tem experiência política alguma, não mostra capacidade de debater e propor projetos a favor da população paulista, mas (5) se tornou uma pessoa pública por ter um canal do Youtube, com mais de 2 milhões de seguidores, em que manifesta dogmaticamente suas opiniões, força controvérsias para adquirir notoriedade, busca ridicularizar pessoas e utiliza outros artifícios para angariar seguidores e, assim, ganhar dinheiro, objetivo de todo canal monetizado.

Ao voltar de sua viagem turística, Arthur do Val tentou justificar suas falas dizendo ser apenas um “homem jovem e empolgado” e que suas colocações “não deveriam ser retiradas do contexto em que foram feitas”. Lembremos que o contexto em que disse, por exemplo, que as “mulheres ucranianas são fáceis porque são pobres” diz respeito a mulheres e meninas que buscam refúgio para fugir de bombardeios, de forças armadas e da violência e da instabilidade social e política de seu país.

Em suma, suas falas revelaram que Arthur do Val representa a direita conservadora, alguns de cujos adeptos compactuam com falas e ações repugnantes contra pessoas fragilizadas pela pobreza e utilizam sua notoriedade midiática para ganhar dinheiro e se tornarem agentes políticos. A conduta do Deputado Arthur do Val e de seus assemelhados revela a ideologia da violência, do abuso de mulheres vulneráveis e da busca de ganhos pessoais, ideologia que conservadores procuram, com afinco, conservar.

Esperemos que a sociedade brasileira e os eleitores, em especial as mulheres de São Paulo, deem a Arthur do Val e seus congêneres a resposta que suas falas e ações repulsivas efetivamente merecem.

*Mariana C. Broens é professora do Departamento de Filosofia da Unesp.

 

Veja neste link todos artigos de

AUTORES

TEMAS

MAIS AUTORES

Lista aleatória de 160 entre mais de 1.900 autores.
Jean Marc Von Der Weid José Luís Fiori Milton Pinheiro Eduardo Borges Rodrigo de Faria Marcus Ianoni Luiz Roberto Alves Paulo Capel Narvai Luiz Eduardo Soares Rafael R. Ioris Denilson Cordeiro Michael Löwy Vanderlei Tenório Manchetômetro Armando Boito Rubens Pinto Lyra Paulo Sérgio Pinheiro Antonio Martins Sergio Amadeu da Silveira Liszt Vieira Mário Maestri Francisco Pereira de Farias Bruno Machado Julian Rodrigues Marilia Pacheco Fiorillo Marcos Aurélio da Silva Plínio de Arruda Sampaio Jr. Jean Pierre Chauvin Celso Frederico José Machado Moita Neto Leda Maria Paulani Matheus Silveira de Souza Walnice Nogueira Galvão Flávio Aguiar Airton Paschoa Gilberto Maringoni Manuel Domingos Neto Ronaldo Tadeu de Souza João Lanari Bo Marilena Chauí Valerio Arcary Carla Teixeira Alexandre de Oliveira Torres Carrasco Eleutério F. S. Prado Tarso Genro Ricardo Musse Leonardo Sacramento Vladimir Safatle Ladislau Dowbor Kátia Gerab Baggio Remy José Fontana Ari Marcelo Solon Luiz Renato Martins Fábio Konder Comparato Valerio Arcary Ricardo Abramovay Atilio A. Boron João Feres Júnior Alexandre de Freitas Barbosa Paulo Fernandes Silveira Marcelo Módolo Andrés del Río Lincoln Secco Vinício Carrilho Martinez Gabriel Cohn José Costa Júnior Samuel Kilsztajn Luís Fernando Vitagliano João Adolfo Hansen Celso Favaretto José Dirceu Michel Goulart da Silva Luis Felipe Miguel Chico Alencar Henri Acselrad Mariarosaria Fabris Eliziário Andrade Claudio Katz Everaldo de Oliveira Andrade Luiz Bernardo Pericás Lucas Fiaschetti Estevez José Micaelson Lacerda Morais Daniel Costa Paulo Martins Ricardo Fabbrini Bruno Fabricio Alcebino da Silva Leonardo Boff Alysson Leandro Mascaro Andrew Korybko Marcelo Guimarães Lima Luiz Marques José Geraldo Couto Gerson Almeida Luiz Carlos Bresser-Pereira Sandra Bitencourt Jorge Luiz Souto Maior Benicio Viero Schmidt Eugênio Trivinho Dennis Oliveira Tadeu Valadares Antônio Sales Rios Neto Francisco de Oliveira Barros Júnior Marcos Silva Marjorie C. Marona Jorge Branco Eugênio Bucci Afrânio Catani Fernão Pessoa Ramos Ronald Rocha Ronald León Núñez Bento Prado Jr. Daniel Afonso da Silva Luiz Werneck Vianna Yuri Martins-Fontes Juarez Guimarães Chico Whitaker Osvaldo Coggiola Anselm Jappe Paulo Nogueira Batista Jr Flávio R. Kothe João Sette Whitaker Ferreira André Singer Caio Bugiato Dênis de Moraes Boaventura de Sousa Santos Michael Roberts Salem Nasser Elias Jabbour Leonardo Avritzer João Carlos Loebens José Raimundo Trindade Fernando Nogueira da Costa Heraldo Campos João Carlos Salles Érico Andrade Alexandre Aragão de Albuquerque Francisco Fernandes Ladeira Priscila Figueiredo Maria Rita Kehl Eleonora Albano Tales Ab'Sáber Daniel Brazil Luciano Nascimento Slavoj Žižek Alexandre de Lima Castro Tranjan Bernardo Ricupero André Márcio Neves Soares Carlos Tautz João Paulo Ayub Fonseca Otaviano Helene Annateresa Fabris Antonino Infranca Henry Burnett Ricardo Antunes Thomas Piketty Lorenzo Vitral Berenice Bento Gilberto Lopes Renato Dagnino Igor Felippe Santos

NOVAS PUBLICAÇÕES