Poder de polícia

Imagem: Mike
Whatsapp
Facebook
Twitter
Instagram
Telegram

Por MANUEL DOMINGOS NETO*

O caso de Bruno Pereira e Dom Phillips é assunto de polícia, não de militares

Incomoda-me ouvir recriminações ao Exército por sua “inoperância” no de Bruno Pereira e Dom Phillips. Isso é assunto de polícia, não de militares. Custear exército para que atue na segurança pública é jogar dinheiro fora e expor a cidadania à truculência.

Exércitos servem para dissuadir ou abater agressores estrangeiros; preparam-se para lidar com inimigos, não para disciplinar cidadãos e perseguir criminosos. Excepcionalmente acodem a sociedade em calamidades extremas.

O constituinte vergou quando admitiu que as Forças Armadas atuassem para garantir a lei e a ordem. Lula errou ao sancionar, em 2004, a Lei Complementar que garantiu poder de polícia às Forças Armadas na faixa de fronteira. Agravou o distúrbio de personalidade das fileiras e deixou de fazer o necessário preparar a segurança pública nas áreas remotas.

Nas diretrizes da frente partidária que o apoia, lançadas ontem, não vi nada a esse respeito. Até quando o Exército será confundido com polícia de fronteira? Persistindo tal confusão, os problemas serão agravados.

O envolvimento de militares em assuntos de segurança pública resulta em desastre, notadamente tratando-se de casos que envolvam os povos originários. Os oficiais aprendem desde a juventude que índio é estorvo e que seus protetores e ambientalistas são inimigos da pátria a soldo de interesses estrangeiros. Repetem essa ladainha de formas variadas. Uma delas afirma que há muita terra para pouco índio.

Também fico intrigado com as reclamações diante do fato de o ocupante da cadeira presidencial não manifestar solidariedade com os familiares de Bruno Pereira e Dom Phillips. O homem já provou não se comover com a dor alheia e mostrou incapacidade de se comportar como chefe de Estado. Não esqueço de como silenciou na morte de Nelson Freire enquanto o presidente francês mandava condolências ao povo brasileiro pela perda de seu gênio.

No caso de Bruno Pereira e Dom Phillips, se este indivíduo expressasse sentimento, seria de alegria: dois inimigos abatidos! O sujeito se formou em escolas militares, cabe lembrar.

Para os democratas, está difícil cair a ficha sobre a função que cabe aos braços armados do Estado. Ao reclamar o envolvimento do Exército em atividades policiais, os brasileiros reconhecem inadvertidamente legitimidade no desvio da missão militar. De quebra, agradam os comandantes, oferecendo-lhes pretexto adicional para pedir ampliação de orçamento.

Passa da hora de compreender que a sociedade mantém corporações militares para dissuadir estrangeiro hostil, não para atuar como polícia. Alguns imaginam que esta dissuasão possa ocorrer com a presença na fronteira. Ledo engano. Vigiar fronteira em tempo de paz é tarefa para polícia especializada. O mesmo quanto à defesa de reservas florestais.

Quem vigia fronteira, coibi desmatamento, persegue bandidos e garante a lei e ordem não pode se preparar para guerrear. As tarefas são incompatíveis. Quando os militares as assumem sofregamente, prejudicam a construção de um sistema de segurança pública e deixam o país desprotegido.

Pagamos caro para não termos defesa militar e vivermos sobressaltados.

*Manuel Domingos Neto é professor aposentado da UFC/UFF, ex-presidente da Associação Brasileira de Estudos de Defesa (ABED) e ex-vice-presidente do CNPq.

 

Veja neste link todos artigos de

AUTORES

TEMAS

MAIS AUTORES

Lista aleatória de 160 entre mais de 1.900 autores.
Luiz Bernardo Pericás Osvaldo Coggiola Chico Alencar Dênis de Moraes Sergio Amadeu da Silveira Paulo Capel Narvai Alexandre de Oliveira Torres Carrasco Francisco Pereira de Farias Jorge Branco Renato Dagnino Celso Frederico Rafael R. Ioris Celso Favaretto Henry Burnett Alysson Leandro Mascaro Salem Nasser Heraldo Campos Paulo Sérgio Pinheiro Marcelo Módolo Remy José Fontana Mariarosaria Fabris Yuri Martins-Fontes João Adolfo Hansen Eleutério F. S. Prado Marcelo Guimarães Lima Ronaldo Tadeu de Souza Antonio Martins Paulo Nogueira Batista Jr Daniel Brazil Luiz Renato Martins Daniel Costa Andrés del Río Luiz Eduardo Soares Otaviano Helene Airton Paschoa Tadeu Valadares João Carlos Loebens Milton Pinheiro Bruno Fabricio Alcebino da Silva Gerson Almeida Michael Löwy José Costa Júnior Alexandre de Lima Castro Tranjan José Machado Moita Neto Julian Rodrigues Lincoln Secco Rodrigo de Faria Marcus Ianoni André Márcio Neves Soares Henri Acselrad Plínio de Arruda Sampaio Jr. Maria Rita Kehl Marcos Aurélio da Silva Michel Goulart da Silva Mário Maestri Fernando Nogueira da Costa Tarso Genro João Lanari Bo José Micaelson Lacerda Morais Leonardo Boff Benicio Viero Schmidt Leda Maria Paulani Luiz Roberto Alves Marilia Pacheco Fiorillo Antônio Sales Rios Neto Luiz Carlos Bresser-Pereira Manchetômetro Alexandre de Freitas Barbosa Bruno Machado Marilena Chauí Marjorie C. Marona Lucas Fiaschetti Estevez Annateresa Fabris Jean Marc Von Der Weid Leonardo Avritzer José Geraldo Couto Atilio A. Boron Slavoj Žižek Marcos Silva Igor Felippe Santos Lorenzo Vitral Gilberto Maringoni Berenice Bento Ricardo Antunes Claudio Katz Armando Boito Luciano Nascimento Eugênio Bucci Alexandre Aragão de Albuquerque Bento Prado Jr. Ladislau Dowbor Valerio Arcary Sandra Bitencourt Rubens Pinto Lyra Gabriel Cohn Tales Ab'Sáber Bernardo Ricupero Chico Whitaker Flávio R. Kothe Ronald León Núñez Anselm Jappe José Luís Fiori Andrew Korybko Luis Felipe Miguel Paulo Fernandes Silveira Afrânio Catani Matheus Silveira de Souza Denilson Cordeiro Ricardo Fabbrini José Dirceu Boaventura de Sousa Santos Gilberto Lopes Eleonora Albano Valerio Arcary Walnice Nogueira Galvão Francisco de Oliveira Barros Júnior Ronald Rocha Ricardo Abramovay Liszt Vieira Érico Andrade Juarez Guimarães Samuel Kilsztajn Luiz Marques João Sette Whitaker Ferreira João Paulo Ayub Fonseca Caio Bugiato André Singer Vinício Carrilho Martinez Eugênio Trivinho Jorge Luiz Souto Maior Luiz Werneck Vianna Daniel Afonso da Silva Luís Fernando Vitagliano Jean Pierre Chauvin Francisco Fernandes Ladeira Paulo Martins Vanderlei Tenório Leonardo Sacramento Eduardo Borges João Feres Júnior Manuel Domingos Neto Eliziário Andrade Carlos Tautz Everaldo de Oliveira Andrade Thomas Piketty José Raimundo Trindade Priscila Figueiredo Fábio Konder Comparato Antonino Infranca Elias Jabbour Kátia Gerab Baggio Flávio Aguiar Ricardo Musse Michael Roberts Vladimir Safatle João Carlos Salles Dennis Oliveira Fernão Pessoa Ramos Ari Marcelo Solon Carla Teixeira

NOVAS PUBLICAÇÕES

Pesquisa detalhada