Natal na Faixa de Gaza

Whatsapp
Facebook
Twitter
Instagram
Telegram

Por FREI BETTO*

Jesus nasce em Gaza e, agora, já não podem matá-lo, pois haverá de ressuscitar em cada criança, em cada jovem, em cada cidadão palestino

Neste Natal, Jesus nasce em Gaza. Não na manjedoura exposta em um curral, mas entre escombros do que resta das moradias de seus habitantes. Não nasce cercado de animais, e sim de bombas detonadas, balas de fuzis Tavor Ctar atiradas contra a população civil (950 tiros por minuto), granadas e gases letais. E os voos assassinos dos caças F-35.

Jesus nasce e ignora que seus pais, que pretendiam se refugiar no Egito, foram atingidos mortalmente por uma chuva de bombas “bunker buster” jogadas pelas tropas israelenses.

Agora não é o rei Herodes que passa centenas de crianças ao fio da espada. É o governo sionista de Benjamin Netanyahu, na ânsia de vingança e de exterminar aqueles que são considerados “animais humanos”, segundo declaração do ministro da Defesa de Israel, Yoav Gallant.

Jesus e seus pais não encontraram acolhida em Belém. Tiveram que se abrigar em um curral. Do mesmo modo, famílias palestinas foram sumariamente expulsas de seus lares para dar lugar aos colonos sionistas que não reconhecem o direito de a nação palestina instituir o seu legítimo Estado. Escorraçadas, essas milhares de famílias foram confinadas nos estreitos limites de Gaza e da Cisjordânia, controladas por tropas israelenses como se fossem subumanas, sobrevivendo em condições análogas a campos de concentração a céu aberto.

Jesus nasce hoje sem que magos venham presentear-lhe com ouro, incenso e mirra. O que ele ganha agora são 12 mil toneladas de bombas desde 7 de outubro (33 toneladas de explosivos por quilometro quadrado), equivalente à potência de uma bomba atômica.

Não há coro de anjos nem cânticos de glória a Deus, e sim o grito estridente de sirenas de alarme e o silvo aterrorizante de projéteis disparados pelos canhões mortíferos dos tanques Merkava.

Jesus nasceu sob o selo da discriminação: por ser palestino, por ser filho bastardo de um casal nazareno (tanto que José quis abandonar Maria ao sabê-la grávida), por ser um sem-teto, por sua família ter ocupado a terra de uma chácara em Belém, por ser considerado blasfemo e usurpador do título de Filho de Deus.

Jesus, mais uma vez, é rechaçado em sua própria terra. Se seus conterrâneos são impedidos de formar seu Estado, qualquer ação de autodefesa que desencadeiem será qualificada de “terrorista”. Epíteto que jamais a grande mídia utilizou quando Menachem Begin, em 22 de julho de 1946, explodiu, em Jerusalém, o Hotel King David e matou 91 pessoas. Nem quando mais de 200 mil pessoas, todas inocentes, foram cruelmente assassinadas no maior atentado terrorista de todos os tempos – as bombas atômicas atiradas pelo governo dos EUA sobre as populações civis de Hiroshima e Nagasaki.

Sim, o Hamas rompeu a linha da “guerra justa” ao sequestrar mais de 200 pessoas, a maioria delas civis. Mas quem reage às “detenções administrativas” feitas pelo governo de Israel e que mantém nas prisões cerca de cinco mil pessoas sem acusações formais?

Jesus nasce em Gaza e, agora, já não podem matá-lo, pois haverá de ressuscitar em cada criança, em cada jovem, em cada cidadão palestino consciente de que a terra das vinhas e das oliveiras guarda em seu solo as cinzas de seus mais longínquos ancestrais.

*Frei Betto é teólogo e escritor. Autor, entre outros livros, de Um homem chamado Jesus (Rocco).


A Terra é Redonda existe graças aos nossos leitores e apoiadores.
Ajude-nos a manter esta ideia.
CONTRIBUA

Veja neste link todos artigos de

AUTORES

TEMAS

MAIS AUTORES

Lista aleatória de 160 entre mais de 1.900 autores.
Manuel Domingos Neto José Raimundo Trindade Rodrigo de Faria Luiz Eduardo Soares Ladislau Dowbor José Dirceu Dennis Oliveira João Adolfo Hansen Slavoj Žižek Lorenzo Vitral João Feres Júnior Leonardo Boff Mário Maestri Alexandre de Freitas Barbosa Sandra Bitencourt Igor Felippe Santos Bruno Fabricio Alcebino da Silva Carla Teixeira Lucas Fiaschetti Estevez João Sette Whitaker Ferreira Luiz Roberto Alves Chico Alencar Luiz Bernardo Pericás Ricardo Antunes Andrew Korybko Leonardo Sacramento Armando Boito Remy José Fontana Michael Löwy Vinício Carrilho Martinez Manchetômetro Paulo Sérgio Pinheiro João Lanari Bo João Carlos Salles Marcos Silva Vladimir Safatle Tadeu Valadares Ari Marcelo Solon Antonino Infranca Denilson Cordeiro Carlos Tautz Marcos Aurélio da Silva Claudio Katz Eleonora Albano André Márcio Neves Soares Milton Pinheiro Elias Jabbour Renato Dagnino Atilio A. Boron Ronaldo Tadeu de Souza Henry Burnett Julian Rodrigues Henri Acselrad Yuri Martins-Fontes Daniel Brazil Ricardo Musse José Luís Fiori Eleutério F. S. Prado Flávio Aguiar Berenice Bento André Singer Matheus Silveira de Souza Flávio R. Kothe Paulo Martins Gilberto Maringoni Tales Ab'Sáber Airton Paschoa Kátia Gerab Baggio Everaldo de Oliveira Andrade Luiz Werneck Vianna Chico Whitaker José Geraldo Couto Francisco Fernandes Ladeira Salem Nasser Ricardo Abramovay Marcelo Módolo Annateresa Fabris Celso Favaretto Walnice Nogueira Galvão Marilia Pacheco Fiorillo Caio Bugiato José Costa Júnior Antonio Martins Priscila Figueiredo Maria Rita Kehl Luciano Nascimento Andrés del Río Fábio Konder Comparato Ronald Rocha Jorge Branco Otaviano Helene José Machado Moita Neto Bernardo Ricupero Luís Fernando Vitagliano Jorge Luiz Souto Maior Celso Frederico Ricardo Fabbrini Eduardo Borges Gerson Almeida Eugênio Trivinho Antônio Sales Rios Neto Fernando Nogueira da Costa Sergio Amadeu da Silveira Benicio Viero Schmidt Plínio de Arruda Sampaio Jr. Anselm Jappe Paulo Fernandes Silveira José Micaelson Lacerda Morais Gabriel Cohn Paulo Capel Narvai Bento Prado Jr. Eliziário Andrade João Paulo Ayub Fonseca Jean Pierre Chauvin Jean Marc Von Der Weid Marcus Ianoni Luiz Carlos Bresser-Pereira Daniel Costa Lincoln Secco Marjorie C. Marona Alysson Leandro Mascaro Mariarosaria Fabris Michel Goulart da Silva João Carlos Loebens Alexandre de Lima Castro Tranjan Leda Maria Paulani Ronald León Núñez Valerio Arcary Dênis de Moraes Tarso Genro Marilena Chauí Osvaldo Coggiola Afrânio Catani Gilberto Lopes Valerio Arcary Rafael R. Ioris Érico Andrade Vanderlei Tenório Samuel Kilsztajn Leonardo Avritzer Fernão Pessoa Ramos Paulo Nogueira Batista Jr Alexandre de Oliveira Torres Carrasco Rubens Pinto Lyra Francisco de Oliveira Barros Júnior Marcelo Guimarães Lima Luiz Marques Daniel Afonso da Silva Heraldo Campos Luis Felipe Miguel Francisco Pereira de Farias Thomas Piketty Eugênio Bucci Alexandre Aragão de Albuquerque Liszt Vieira Juarez Guimarães Bruno Machado Luiz Renato Martins Boaventura de Sousa Santos Michael Roberts

NOVAS PUBLICAÇÕES