Um embargo ilegal

Imagem: Matthias Oben
Whatsapp
Facebook
Twitter
Instagram
Telegram

Por NOAM CHOMSKY & VIJAY PRASHAD*

Cuba não é um estado patrocinador do terrorismo

Cuba, um país de onze milhões de habitantes, está submetido há mais de seis décadas a um embargo ilegal por parte do governo dos Estados Unidos.

Apesar deste embargo, o povo cubano foi capaz de superar as indignidades da fome, da falta de saúde e do analfabetismo, as três pragas sociais que seguem afetando grande parte do mundo.

Graças às suas inovações na prestação de serviços médicos, por exemplo, Cuba pôde enviar seus trabalhadores de saúde a outros países, inclusive durante a pandemia, para prestar uma ajuda vital. Cuba exporta trabalhadores de saúde, não terrorismo.

Nos últimos dias da administração de Donald Trump, o governo estadunidense voltou a incluir Cuba na sua lista de Estados patrocinadores do terrorismo. Este foi um ato de vingança. Donald Trump disse que isso foi feito porque Cuba acolheu grupos guerrilheiros da Colômbia, o que na realidade era parte do papel de Cuba como anfitriã das conversas de paz.

Cuba desempenhou um papel chave para conquistar a paz na Colômbia, um país assolado por uma terrível guerra civil que, desde 1948, tomou a vida de centenas de milhares de pessoas. Durante dois anos, a administração Joe Biden tem mantido a política vingativa de Donald Trump que castiga Cuba não pelo terrorismo, mas sim por promover a paz.

Joe Biden pode, em uma canetada, eliminar Cuba desta lista. É assim tão simples. Quando era candidato à presidência, disse que reverteria as sanções mais duras de Donald Trump.

Mas não o fez. É o momento de fazê-lo.

*Noam Chomsky é professor sênior no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), EUA. Autor, entre outros livros, de Réquiem para o sonho americano (Bertrand Brasil).

*Vijay Prashad é historiador e jornalista indiano. Diretor geral do Instituto Tricontinental de Pesquisa Social. Autor, entre outros livros, de Balas de Washington: Uma história da CIA, golpes e assassinatos (Expressão Popular).

Tradução: Pedro Marin para a Revista Opera.

Publicado originalmente no portal Globetrotter.

O site A Terra é Redonda existe graças aos nossos leitores e apoiadores.
Ajude-nos a manter esta ideia.
Clique aqui e veja como 

Veja neste link todos artigos de

10 MAIS LIDOS NOS ÚLTIMOS 7 DIAS

__________________
  • Introdução a “O capital” de Karl Marxcultura vermelho triangular 02/06/2024 Por ELEUTÉRIO F. S. PRADO: Comentário sobre o livro de Michael Heinrich
  • Sobre a ignorância artificialEugenio Bucci 15/06/2024 Por EUGÊNIO BUCCI: Hoje, a ignorância não é uma casa inabitada, desprovida de ideias, mas uma edificação repleta de baboseiras desarticuladas, uma gosma de densidade pesada que ocupa todos os espaços
  • Franz Kafka, espírito libertárioFranz Kafka, espírito libertário 13/06/2024 Por MICHAEL LÖWY: Notas por ocasião do centenário da morte do escritor tcheco
  • Impasses e saídas para o momento políticojosé dirceu 12/06/2024 Por JOSÉ DIRCEU: O programa de desenvolvimento tem de ser a base de um compromisso político da frente democrática
  • Registro sindicalMETRÔ 11/06/2024 Por LAWRENCE ESTIVALET DE MELLO & RENATA QUEIROZ DUTRA: O Ministério do Trabalho decidiu conceder registro sindical à Proifes. No entanto, registro sindical não é o mesmo que representação sindical
  • A greve das Universidades e Institutos federaisvidros corredor 01/06/2024 Por ROBERTO LEHER: O governo se desconecta de sua base social efetiva ao afastar do tabuleiro político os que lutaram contra Jair Bolsonaro
  • Confissões de uma senhora católicaMarilia Pacheco Fiorillo 11/06/2024 Por MARILIA PACHECO FIORILLO: O reacionarismo congênito não é apanágio apenas dos evangélicos
  • O STF, a Inteligência Artificial e a Justiça do Trabalhosouto-maior_edited 07/06/2024 Por JORGE LUIZ SOUTO MAIOR: A concretização da substituição do ser humano pela IA pressupõe que esta já foi treinada para atuar na forma desejada pela classe dominante
  • Uma lógica míopeVERMELHO HOMEM CAMINHANDO _ 12/06/2024 Por LUIS FELIPE MIGUEL: O governo não tem vontade política para transformar a educação em prioridade, enquanto corteja militares ou policiais rodoviários, que não se movem um milímetro para longe do bolsonarismo que continuam a apoiar
  • Fortalecer o PROIFESsala de aula 54mf 15/06/2024 Por GIL VICENTE REIS DE FIGUEIREDO: A tentativa de cancelar o PROIFES e, ao mesmo tempo, fechar os olhos para os erros da direção da ANDES é um desserviço à construção de um novo cenário de representação

AUTORES

TEMAS

NOVAS PUBLICAÇÕES