#ColeraAlegria & A Terra é Redonda

Imagem: #coleraalegria

A Terra é Redonda e a ação colaborativa #ColeraAlegria iniciam uma parceria para a publicação das suas obras como ilustração dos artigos do site.

ColeraAlegria é uma ação colaborativa de caráter político. Interessa manifestar afetos, ideias, gritos, sugestões, proposições, reações (a lista segue) sobre urgências do tempo presente. De maneira abrangente, busca-se a reapropriação de símbolos, cores, formas e palavras deturpados por discursos de direita, mas também a criação de distintas formas de expressão e manifestação política.

Escolheu-se como dispositivos os cartazes, bandeiras e estandartes, que devem estar em circulação. Nas redes sociais, movimentam-se por meio do compartilhamento de imagens, junto à hashtag #coleraalegria – que é também a assinatura – e qualquer outra hashtag que se queira adicionar. Fora da virtualidade, o lugar para esses cartazes-etc. são os corpos e os sujeitos. Devem ser empunhados, manipulados, erguidos, balançados, evitando-se, assim, situações em que estão apenas sendo exibidos passivamente, sem ensejar uma relação de troca.

Esta ação é espontânea, emergencial, frágil, efêmera e incompleta, mas também dessa condição pode surgir sua contundência. Os participantes são diversos e podem ir mudando ao longo do tempo (uns entram, outros saem, etc.) sem necessidade de fixar número ou natureza da colaboração. Publicamente, não importa quem participa da ação, ao passo que para nós importam os vínculos de afeto e amizade, e a possibilidade de trocas que vem desse contexto.

É importante, ainda, identificar aliados para a ação. Sugere-se, nesse sentido, que outros agentes sejam convocados como disseminadores (numa avalanche virtual, por exemplo) e que qualquer um seja encorajado a extrair imagens de cartazes-etc. da internet, compartilhando-as como quiser, o que significa evitar as ideias de fonte oficial ou imagem original. Como exemplo para a natureza da ação, pensamos no funcionamento do Comitê Invisível.

Recusamos a palavra grupo ou coletivo, em prol do termo ação colaborativa. Dessa combinação apreende-se também que não há conceituação a priori e que os sentidos vão sendo constituídos no movimento e na vivência. Daí a ineficiência de um texto de apresentação, ainda que fosse um manifesto. Isto não é um manifesto. Todos são autônomos para incitar ações, da forma e com a formação de pessoas que melhor lhe aprazer.

Ninguém é representante do ColeraAlegria. São encorajados os encontros para produzir cartazes-etc. e a pesquisa sobre pautas, frases, formas de circulação. Os custos de realização das ações são rateados entre os colaboradores que assim desejarem. Funciona como uma festa em casa, quando cada um leva algo ou alguém passa o chapéu.