Blanca Alaníz (Querétaro, 1989): artista visual formada em Artes pela Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM). Em 2014, realizou residência de pesquisas em São Paulo no PPG em Artes Visuais (Escola de Comunicações e Artes – USP). No mesmo ano, ganhou o primeiro prêmio (na categoria Gráfica) do concurso do caderno de cultura “Punto de Partida” (UNAM).
Em 2017, participou dos seminários Perspectivas de la Crítica, no Centro de la Imagen, e do workshop “O Mundo Imagem”, no Museo Universitario del Arte Contemporáneo (MUAC – UNAM). Em 2018 – 2019, foi bolsista do programa Jovens Criadores da Cultura e das Artes, área de Gráfica. Em 2019, ganhou menção honrosa, no XXXIX Encontro Nacional de Arte Jovem, em Aguascalientes (México). Participou recentemente de mostras coletivas no Faro Tláhuac, no museo do San Ildefonso, no Museo Bicentenario do México e na Casa da Cultura Víctor Sandoval (Aguascalientes, México).
Sua obra gráfica (em serigrafia) e fotográfica (digital e analógica) volta-se notadamente para a arquitetura moderna, para o comércio e as mercadorias, como objetos culturais, interessando-se, nesse sentido, por realçar aspectos relativos à produção de massa e ao trabalho precário, em contraponto com os ideais construtivos da modernidade.












































































































Edit gallery