As ideias precisam circular. Ajude A Terra é Redonda a seguir fazendo isso.

O Novo Testamento em discussão

Caravaggio, "O Sepultamento de Cristo"
Whatsapp
Facebook
Twitter
Instagram
Telegram

Por ARI MARCELO SOLON*

Duas leituras diferentes sobre a figura de Jesus Cristo

Não há língua mais bela que o italiano. Isso se faz evidente quando o Novo Testamento é vertido para a língua de Dante e, ao mesmo tempo, mantêm-se as expressões usadas por Jesus na língua hebraica. É a marca da perfeição. Presencia-se referido trabalho maravilhoso realizado por Marco Cassuto Morselli e Gabriella Maestri, de modo que se faz possível ouvir as palavras que Jesus proferiria:

amore – amor

figlio – filho

benedizione – benção

alleanza – aliança

buona notizia – boa notícia

fede – fé

gentili, pagani – gentio, pagão

pane – pão

Regno dei Cieli – Reino do Céu

parabola – parábola

Cristo – Cristo/messias

mondo a venire – mundo por vir

questo mondo – este mundo

misericordia – misericórdia

Spirito Santo (Spirito del Santo) – Espírito Santo

giusto – justo

giustizia – justiça

Sabato – sábado

conversione – conversão

battesimo – batismo.[i]

Entretanto, faria sentido apresentar uma leitura hebraica do Novo Testamento que teria substituído o velho testamento hebraico?

Sim. E o motivo encontra-se em Daniel Boyarin: a interpretação do Messias como um servo sofredor não constituiu um desvio revolucionário da história religiosa, mas uma convergência óbvia e plausível de uma tradição estabelecida. Na tradição o sofrimento tem um efeito expiatório ainda mais importante do sacrifício e da expiação pelo sofrimento e pela morte não se limita a quem sofre: o efeito expiatório vai muito além, sobretudo se deriva da morte de um justo.[ii]

São duas posturas revolucionárias diferentes: Jesus, como um defensor da tradição, enfrentou as inovações introduzidas pelos fariseus, que queriam estender à toda população as prescrições levíticas, originalmente reservadas apenas aos sacerdotes. Estavam de fato convencidos da missão sacerdotal de Israel.[iii]

Afinal, como diz Leonardo Boff,[iv] a fé se expressa pela prática da justiça, da solidariedade, da denúncia das opressões, pelo protesto e pela prática da solidariedade sem fronteiras, do amor social e da fraternidade universal.

E é isso que lemos nesses evangélicos hebraicos: “[…] mette in evidenza che le critiche più aspre nei confronti dei farisei si trovano proprio nella letteratura rabbinica e si riferiscono non ai veri, ma ai falsi farisei, i quali non hanno l’interno simile all’esterno”. […] coloca em evidência que as críticas mais duras aos fariseus são encontradas na própria literatura rabínica e não se referem aos verdadeiros, mas aos falsos fariseus, que “não tem um interior semelhante ao exterior”.[v]

Tendo em vista que as críticas mais ácidas aos fariseus estão na própria literatura rabínica, selecionamos este trecho dos evangélicos hebraicos que corroboram o que foi dito por Leonardo Boff:

Mt 5,17-19: “Non pensiate che io sia venuto ad abolire la Torah o i Neviim. Non sono venuto ad abolirli ma a diffonderli nella loro pienezza. In verità vi dico: finché non passeranno i Cieli e la terra, non passerà neppure una yod o un taam dalla Torah, senza che tutto sia compiuto. Chi dunque trasgredirà una sola di queste miṣwot, anche minime, e insegnerà agli uomini a fare altrettanto, sarà considerato minimo nella Malkhut ha-Shamayim. Chi invece le osserverà e le insegnerà agli uomini, sarà considerato grande nella Malkhut ha-Shamayim”.

Mt 5, 17-19: “Não penseis que eu vim para abolir a Torá ou os Profetas. Eu não vim para aboli-los mas para espalhá-los em sua plenitude. Em verdade te digo: até os céus e a terra passarão, nem mesmo um jota ou til passará da Torá, sem que tudo seja realizado. Quem então violar apenas um desses mandamentos, mesmo que mínimo, e assim ensinar aos homens será considerado mínimo no Reino do Céu. Por outro lado, quem os observa e ensina aos homens será considerado grande no Reino do Céu”.[vi]

*Ari Marcelo Solon é professor da Faculdade de Direito da USP. Autor, entre outros, livros, de Caminhos da filosofia e da ciência do direito: conexão alemã no devir da justiça (Prismas).

 

Referências


BOFF, Leonardo. São Francisco. A terra é redonda, 5 out. 2021. Disponível em: https://aterraeredonda.com.br/saofrancisco/?doing_wp_cron=1633452118.2700181007385253906250.

BOYARIN, Daniel. Il Vangelo ebraico. Le vere origini del cristianesimo. Tr. di S. Buttazzi. Roma: Castelvecchi, 2012.

NUOVO TESTAMENTO: Una lettura ebraica. Vangeli e Atti degli Apostolli. Traduzione e commento di Marco Cassuto Morselli e Gabriella Maestri. Roma: Castelvecchi, 2021.

 

Notas


[i]NUOVO TESTAMENTO: Una lettura ebraica. Vangeli e Atti degli Apostolli. Traduzione e commento di Marco Cassuto Morselli e Gabriella Maestri. Roma: Castelvecchi, 2021. pp. 9-10. Tradução livre.

[ii]Ver: BOYARIN, Daniel. Il Vangelo ebraico. Le vere origini del cristianesimo. Tr. di S. Buttazzi. Roma: Castelvecchi, 2012. pp. 132-136.

[iii]Cf. NUOVO TESTAMENTO: Una lettura ebraica. Vangeli e Atti degli Apostolli. Traduzione e commento di Marco Cassuto Morselli e Gabriella Maestri. Roma: Castelvecchi, 2021. p. 76.

[iv] BOFF, Leonardo. São Francisco. A terra é redonda, 5 out. 2021. Disponível em: https://aterraeredonda.com.br/saofrancisco/?doing_wp_cron=1633452118.2700181007385253906250.

[v]NUOVO TESTAMENTO: Una lettura ebraica. Vangeli e Atti degli Apostolli. Traduzione e commento di Marco Cassuto Morselli e Gabriella Maestri. Roma: Castelvecchi, 2021. p. 49.

[vi]NUOVO TESTAMENTO: Una lettura ebraica. Vangeli e Atti degli Apostolli. Traduzione e commento di Marco Cassuto Morselli e Gabriella Maestri. Roma: Castelvecchi, 2021. p. 322.

AUTORES

TEMAS

MAIS AUTORES

Lista aleatória de 160 entre mais de 1.900 autores.
Michael Roberts Antonio Martins Tadeu Valadares Ricardo Fabbrini Daniel Afonso da Silva Alexandre Aragão de Albuquerque Luiz Bernardo Pericás Bento Prado Jr. Francisco Pereira de Farias Antônio Sales Rios Neto Caio Bugiato Gerson Almeida Eliziário Andrade Luiz Roberto Alves Marcos Silva Gilberto Maringoni João Sette Whitaker Ferreira Luiz Werneck Vianna Francisco Fernandes Ladeira Manuel Domingos Neto Daniel Brazil Jorge Luiz Souto Maior Roberto Bueno Érico Andrade Rubens Pinto Lyra João Carlos Salles Rodrigo de Faria Otaviano Helene José Micaelson Lacerda Morais Paulo Sérgio Pinheiro Roberto Noritomi Gabriel Cohn Valerio Arcary André Márcio Neves Soares Tales Ab'Sáber Valério Arcary Julian Rodrigues Marilena Chauí João Carlos Loebens Remy José Fontana Eleonora Albano Vinício Carrilho Martinez Leonardo Boff Priscila Figueiredo Airton Paschoa Francisco de Oliveira Barros Júnior João Lanari Bo Luiz Renato Martins Anderson Alves Esteves Luiz Marques Renato Dagnino Benicio Viero Schmidt João Paulo Ayub Fonseca Heraldo Campos Henri Acselrad Plínio de Arruda Sampaio Jr. Ricardo Abramovay Alexandre de Lima Castro Tranjan Daniel Costa Ronaldo Tadeu de Souza Yuri Martins-Fontes Tarso Genro Ronald Rocha Osvaldo Coggiola Marcelo Módolo Lucas Fiaschetti Estevez Paulo Fernandes Silveira Carla Teixeira Thomas Piketty Chico Alencar Luiz Carlos Bresser-Pereira Eleutério F. S. Prado Annateresa Fabris Milton Pinheiro Celso Frederico José Luís Fiori Marilia Pacheco Fiorillo Liszt Vieira José Raimundo Trindade André Singer José Machado Moita Neto João Feres Júnior Salem Nasser Michael Löwy Vladimir Safatle Marjorie C. Marona Lorenzo Vitral Everaldo de Oliveira Andrade Armando Boito Flávio R. Kothe Denilson Cordeiro José Geraldo Couto Elias Jabbour Paulo Nogueira Batista Jr Fernão Pessoa Ramos Dennis Oliveira Vanderlei Tenório Berenice Bento Ricardo Musse Carlos Tautz Walnice Nogueira Galvão Juarez Guimarães Sandra Bitencourt Samuel Kilsztajn Mário Maestri Igor Felippe Santos Leda Maria Paulani Ladislau Dowbor Alexandre de Freitas Barbosa Jean Pierre Chauvin Ronald León Núñez Bruno Machado Kátia Gerab Baggio Ari Marcelo Solon Rafael R. Ioris Luís Fernando Vitagliano Andrew Korybko Alysson Leandro Mascaro Celso Favaretto Bruno Fabricio Alcebino da Silva Maria Rita Kehl Chico Whitaker Leonardo Sacramento Leonardo Avritzer Marcelo Guimarães Lima Jean Marc Von Der Weid Luciano Nascimento Luiz Costa Lima Marcos Aurélio da Silva Boaventura de Sousa Santos Marcus Ianoni Fernando Nogueira da Costa Sergio Amadeu da Silveira Eduardo Borges Luiz Eduardo Soares Afrânio Catani José Dirceu Manchetômetro Ricardo Antunes Bernardo Ricupero Eugênio Bucci Mariarosaria Fabris Flávio Aguiar João Adolfo Hansen Luis Felipe Miguel Atilio A. Boron Gilberto Lopes Slavoj Žižek Claudio Katz Henry Burnett Fábio Konder Comparato José Costa Júnior Anselm Jappe Dênis de Moraes Paulo Martins Jorge Branco Lincoln Secco Paulo Capel Narvai Eugênio Trivinho Antonino Infranca

NOVAS PUBLICAÇÕES

Pesquisa detalhada