As ideias precisam circular. Ajude A Terra é Redonda a seguir fazendo isso.

Roniwalter Jatobá

Tayseer Barakat. Mar sem costa, 2019.
Whatsapp
Facebook
Twitter
Instagram
Telegram

Por DANIEL BRAZIL*

Roniwalter Jatobá é autor de obra originalíssima, cultor de escrita límpida e precisa que nunca escorrega na vulgaridade

Numa obra já ironicamente clássica, o escritor Ítalo Calvino (1923/1985) se propôs responder à famosa questão “Por que ler os clássicos?”, defendendo a necessidade de conhecer os textos mais marcantes de cada época, com argumentos que vão da pura fruição estética até a necessidade histórica de conhecer os alicerces e baldrames que sustentam o edifício literário da humanidade.

Sem a elegância do mestre italiano (nascido em Cuba!), arrisco afirmar que um dos autores brasileiros vivos que mais se aproximam do conceito de clássico, no sentido de necessário, é Roniwalter Jatobá. Autor de obra originalíssima, cultor de escrita límpida e precisa que nunca escorrega na vulgaridade, mantém desde as primeiras obras publicadas uma coerência temática e formal que o distingue da grande maioria dos contemporâneos.

Roniwalter Jatobá colocou personagens migrantes e operários como protagonistas, em meados dos anos 1970. Seria exagero dizer que foi um pioneiro, mas ninguém foi tão consistente e verossímil até então. Sua escrita é um mergulho existencial e sociológico, traduzida em literatura de primeira qualidade, sem o menor traço de academicismo. Desde Sabor de química (1976), volume inaugural de contos, passando pelo essencial Crônicas da vida operária (1978) até Tiziu (1994), novela que recupera ambientes, situações e personagens de narrativas anteriores, a escrita de Roniwalter Jatobá se refina, se concentra, sem desviar o foco.

O que uma obra como essa pode nos ensinar? Não só o “se queres ser universal, comece a pintar a tua aldeia” de Tolstói, mas o “se queres ser universal, retrate a tua época”. Roniwalter Jatobá conjuga tempo e espaço geográfico com a sabedoria de quem vivenciou e a ousadia de não ser um mero relator, mas um transfigurador que utiliza a linguagem para criar um campo ficcional carregado de verossimilhança e contundência.

O autor também publicou crônicas, outros contos e novelas nos anos 2000, sendo premiado com o Jabuti em 2012 por Cheiro de chocolate e outras histórias.

As obras do ciclo operário (Sabor de química, Crônicas da vida operária e Tiziu) foram reunidas no volume No chão da fábrica (Nova Alexandria). Ler (ou reler) estes textos hoje nos proporciona estabelecer conexões às vezes perturbadoras com as transformações que o mundo do trabalho vem passando, no mundo todo. A precarização crescente e a perda de direitos duramente conquistados se mesclam com a preservação de estruturas autoritárias que vêm de séculos anteriores, criando um terreno pantanoso que poucos autores arriscam palmilhar.

Roniwalter Jatobá o faz com capricho artesanal e concisão narrativa, sem medo de lançar mão de imagens poéticas, ainda que marcadas pela aspereza da realidade, ou de narrar na primeira pessoa buscando tocar de perto o leitor. E essa aproximação ao mesmo tempo choca e fascina, ambiguidade rara que só mestres manejam com perfeição.

*Daniel Brazil é escritor, autor do romance Terno de Reis (Penalux), roteirista e diretor de TV, crítico musical e literário.


A Terra é Redonda existe graças aos nossos leitores e apoiadores.
Ajude-nos a manter esta ideia.
CONTRIBUA

AUTORES

TEMAS

MAIS AUTORES

Lista aleatória de 160 entre mais de 1.900 autores.
Jean Pierre Chauvin João Carlos Loebens Vanderlei Tenório Priscila Figueiredo Tadeu Valadares Leda Maria Paulani Airton Paschoa Luiz Carlos Bresser-Pereira Ricardo Fabbrini Sergio Amadeu da Silveira Rubens Pinto Lyra Otaviano Helene Manuel Domingos Neto Luiz Werneck Vianna José Raimundo Trindade Dennis Oliveira Rodrigo de Faria Ricardo Abramovay Leonardo Sacramento Alysson Leandro Mascaro Mariarosaria Fabris Annateresa Fabris André Márcio Neves Soares Eduardo Borges Leonardo Avritzer José Micaelson Lacerda Morais Boaventura de Sousa Santos Luís Fernando Vitagliano Tales Ab'Sáber Eleonora Albano Lucas Fiaschetti Estevez Everaldo de Oliveira Andrade José Machado Moita Neto Marcelo Módolo Flávio R. Kothe Roberto Noritomi Berenice Bento Plínio de Arruda Sampaio Jr. José Dirceu Chico Whitaker Henry Burnett Eliziário Andrade Manchetômetro Fábio Konder Comparato Ladislau Dowbor Dênis de Moraes Marilia Pacheco Fiorillo Luiz Bernardo Pericás Marilena Chauí Atilio A. Boron Celso Favaretto Luiz Renato Martins Luiz Costa Lima Alexandre de Freitas Barbosa João Lanari Bo Fernando Nogueira da Costa Denilson Cordeiro Vladimir Safatle Daniel Brazil Valerio Arcary Alexandre Aragão de Albuquerque Jorge Branco Bruno Machado Bernardo Ricupero Maria Rita Kehl Eugênio Trivinho João Carlos Salles Paulo Nogueira Batista Jr Marcus Ianoni Luiz Roberto Alves José Luís Fiori Kátia Gerab Baggio Ronald León Núñez Ari Marcelo Solon Fernão Pessoa Ramos Valério Arcary Lorenzo Vitral Caio Bugiato Antonino Infranca Leonardo Boff Celso Frederico João Sette Whitaker Ferreira Bruno Fabricio Alcebino da Silva Paulo Sérgio Pinheiro Jean Marc Von Der Weid Anderson Alves Esteves Carla Teixeira Marcos Aurélio da Silva Walnice Nogueira Galvão Gerson Almeida João Adolfo Hansen Antônio Sales Rios Neto Remy José Fontana Jorge Luiz Souto Maior Francisco Pereira de Farias Eleutério F. S. Prado Ronaldo Tadeu de Souza Daniel Costa Tarso Genro Paulo Martins Marcelo Guimarães Lima Luis Felipe Miguel Antonio Martins Marjorie C. Marona Rafael R. Ioris Daniel Afonso da Silva Michael Roberts Benicio Viero Schmidt Julian Rodrigues José Geraldo Couto Gilberto Lopes Mário Maestri Igor Felippe Santos Gabriel Cohn José Costa Júnior Slavoj Žižek Paulo Capel Narvai Lincoln Secco Yuri Martins-Fontes Samuel Kilsztajn Carlos Tautz Osvaldo Coggiola Marcos Silva João Feres Júnior André Singer Juarez Guimarães Liszt Vieira Claudio Katz Gilberto Maringoni João Paulo Ayub Fonseca Bento Prado Jr. Eugênio Bucci Paulo Fernandes Silveira Thomas Piketty Ronald Rocha Érico Andrade Afrânio Catani Luiz Eduardo Soares Salem Nasser Renato Dagnino Andrew Korybko Roberto Bueno Heraldo Campos Vinício Carrilho Martinez Flávio Aguiar Sandra Bitencourt Ricardo Musse Francisco Fernandes Ladeira Luciano Nascimento Elias Jabbour Luiz Marques Milton Pinheiro Anselm Jappe Chico Alencar Ricardo Antunes Armando Boito Michael Löwy Francisco de Oliveira Barros Júnior Alexandre de Lima Castro Tranjan Henri Acselrad

NOVAS PUBLICAÇÕES

Pesquisa detalhada